Primeiras Startups do portfólio da FCJ Bauru: Menos Tinta e Protarefa

FCJ Bauru seleciona as primeiras startups

A FCJ Bauru anunciou nesta semana as duas primeiras startups do seu portfólio: a Protarefa e a Menos Tinta.

A seleção ocorreu após o primeiro Investor Day, evento que contou com a apresentação de oito startups e que faz parte do processo interno de avaliação.

A Protarefa é uma startup que reduz falhas de execução, controla os prazos de entregas das atividades e melhora a produtividade das empresas através de fluxos de trabalho que são criados de acordo com as características de qualquer empresa.

“O investimento é uma ótima oportunidade para trabalharmos melhor o departamento de marketing e vendas. Tenho certeza que vai ser uma parceria de muito sucesso e estou muito orgulhoso de fazer parte desse modelo de Venture Builder da FCJ”, comenta Daniel Bonato, CEO da startup.

Já a Menos Tinta, é uma startup que está inserida em um mercado que movimenta mais de 30 bilhões de reais por ano somente no Brasil, e através do seu algoritmo único consegue reduzir em até 75% o consumo nas impressões, diminuindo significativamente os gastos nas compras de cartuchos e toners.

“Sabíamos desde o início que nossa startup poderia impactar grandemente a redução de custos dentro dessas organizações. Por outro lado, entendemos que sozinhos iríamos trilhar um caminho muito mais moroso e complexo até chegar nessas empresas e ainda não ter uma gestão eficiente do processo. Ter sido selecionado pela FCJ Bauru, nos dá a oportunidade de encurtar esse caminho de forma mais assertiva, produtiva e acelerada.”, avalia Marcelo Falcão, CEO da Menos Tinta.

Modelo FCJ Venture Builder

“Trabalharemos juntos com as startups, priorizando a validação de cada solução e um aumento da sua tração no mercado”, complementa Anderson Arcenio, CEO da FCJ Bauru.

A FCJ Bauru é uma licenciada da FCJ Venture Builder e tem como objetivo apoiar negócios em suas fases iniciais e, ao mesmo tempo, resolver a dor do investidor anjo, que está ligada ao risco de selecionar e investir de forma isolada, podendo contar com uma empresa de participação com portfólio de startups, em um ambiente gerenciado em conjunto com outros investidores. Tudo através de uma sociedade anônima de capital fechado.

Para mais informações acesse o site FCJ Bauru ou entre em contato pelo e-mail [email protected].

Esse post saiu primeiramente em: FCJ Bauru seleciona as primeiras startups do seu portfólio.

Outras novidades

FCJ Bauru seleciona duas novas startups para o seu portfólio

FCJ Bauru seleciona duas novas startups para o seu portfólio

FCJ Bauru seleciona duas novas startups para o portfólio: Madalu Até Você e Langue

O que é BPM e como pode ser aplicado em sua empresa

O que é BPM e como pode ser aplicado em sua empresa

A sigla BPM, do inglês Business Process Management que em tradução livre é Gerenciamento dos Processos

O que é melhor para a sua startup: smart money ou money with purpose?

O que é melhor para a sua startup: smart money ou money with purpose?

Justino e Wilson, CEOs e Founders da FCJ e da 2.5 Ventures respectivamente, analisam o

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *